João editará decreto e deve impor multa para quem não usar máscara na PB

Multa deve ser inserida no decreto após ações educativas e distribuição de 3 milhões de máscaras à população

O governador da Paraíba João Azevêdo (Cidadania) sinalizou, durante entrevista à CBN João Pessoa nesta segunda-feira (4), uma edição do decreto que obriga o uso de máscaras em espaços públicos como medida de prevenção a propagação do coronavírus.

De acordo com o governador, no inicio será realizada uma ação educativa, logo após serão distribuídas à população paraibana 3 milhões de máscaras. No final, o decreto será editado com disciplinamento de multa.

“As pessoas precisam compreender de vez que nós estamos diante de uma pandemia e este vírus não tem vacina, não tem remédio, nem tem tratamento oficial, definido e que demonstre a efetividade deste tratamento”, explicou João.

João Azevêdo ainda destacou que a única forma para prevenir e diminuir o risco da disseminação da doença é fazendo uso de máscara e medidas de higiene pessoal.

As filas dos bancos terão prioridade durante as distribuições das máscaras devido ao número de pessoas que buscam as agências para retirar o auxílio emergencial. O governador ainda não divulgou qual será o valor da multa, que será cobrada em caso de descumprimento.