João anuncia desoneração das horas extras e aumento da remuneração dos coronéis da PM

Remuneração passará a entrar como ajuda de custo, o que isentará os policiais de descontos como o de Imposto de Renda

O governador João Azevêdo anunciou, nesta segunda-feira (21), a desoneração dos serviços extras nos contracheques dos policiais militares. A remuneração passará a entrar como ajuda de custo, o que isentará os policiais de descontos como o de Imposto de Renda.

Conforme informou o governador, o Projeto de Lei já foi encaminhado para a Assembleia Legislativa da Paraíba e deve ser votado nesta terça-feira (22).

“Um pleito que foi solicitado e só agora conseguimos equacionar de uma forma verdadeira e que não traga prejuízos, é o da desoneração do extra para todo o sistema de segurança. Essa desoneração, estamos mandando nesta terça-feira para a Assembleia, o Projeto de Lei, onde vai ser transformada a hora extra que o policial trabalha, em ajuda de custo. Isso irá desonerar toda despesa que o policial tenha com imposto de renda. Isso será, de forma indireta, um aumento para toda categoria. Toda área de segurança será beneficiada”, disse o governador.

Além disso, o governador João Azevêdo também anunciou que o pagamento de 20%, que atualmente incide apenas sobre o soldo, passará a ser calculado sobre toda a remuneração do coronel. Isso proporcionará a eles um ganho real incorporado ao salário de forma permanente nos contracheques dos coronéis que vão para a reserva.

Ouça abaixo

“Quando se é oficial e vai para a reforma, você fica com a remuneração de uma patente acima. No caso do coronel, não tem uma patente acima, então essa remuneração é dada como uma gratificação de 20% sob o soldo e nós estamos aprovando, a partir do próximo mês através de decreto, vamos transformar para que os 20% seja dado em toda remuneração dele”, completou.