Instagram inicia testes para monetização de vídeos no IGTV; veja detalhes

Mais de um ano depois do lançamento, o Instagram começou a testar ferramentas de monetização para vídeos no IGTV. Em um diálogo com o site TechCrunch, fontes da rede social revelam que o mecanismo já está sendo testado internamente e forneceram detalhes sobre o programa.

Batizado de “Instagram Partner Program”, a ferramenta permitiria monetizar os vídeos de longa duração com propagandas inseridas durante o conteúdo. Os produtores, então, receberiam 55% dos lucros obtidos pela exibição dos anúncios — conhecidos como “Ad Breaks”, também utilizadas no Facebook.

Anteriormente, o Instagram dava apenas uma “ajuda de custo” para a produção de vídeos de um grupo limitado de perfis, mas não ofereciam formas de monetização realmente recompensadoras — deficiência esta que deve ser uma das principais causas da falta de conteúdo na plataforma.

Em algumas capturas de telas compartilhadas no Twitter, desenvolvedores do Instagram demostraram a página de “ferramentas para monetização” e como ela aparecerá para perfis elegíveis. Assim que entrar, você será informado que poderá “ganhar dinheiro com a exibição de anúncios curtos durante vídeos IGTV” e perguntará se concorda com os termos e políticas do “Instagram Partner Program”.

Ainda que esteja atrasada na evolução da plataforma, é provável que a monetização seja uma resposta ao crescimento significativo de plataformas concorrentes, como o TikTok, que proporciona mais alcance para as celebridades da internet e um ambiente mais propício para popularização do conteúdo.

Não há informações sobre os critérios do Instagram para candidatos do programa, mas não devem ser diferentes das exigidas nas demais plataformas do Facebook, elas são:

  • Seguir todas as normas do Padrão da Comunidade;
  • Compartilhar conteúdo autêntico sem informações falsas, fake news, anúncios chamativos ou sensacionalismo;
  • Compartilhar conteúdo original;
  • Evitar conteúdo de categorias delicadas, como debates de problemas sociais, tragédias, conflitos, sexual ou sugestivo, explicito, informações médicas falsas e política.

Por fim, não há previsão para lançamento ou mais detalhes sobre o programa. Até então, nem mesmo a seção de suporte do Instagram, o “Instagram Help Center”, contém informações acerca do assunto. Vale ressaltar que, apesar de ser uma notícia bem vinda, o recurso pode nunca ver a luz do dia, já que está em fases iniciais de desenvolvimento. As informações são do TecMundo.

Comente