Hospital Metropolitano implanta serviço online de consulta a laudos de exames

Neste cenário de pandemia o CDI tornou-se referência na realização de tomografias, exame primordial para análise da saúde dos pacientes acometidos pelo coronavírus

Os pacientes que realizam exames de imagem no Centro de Diagnóstico por Imagem (CDI) do Hospital Metropolitano Dom José Maria Pires agora contam com uma ferramenta on-line para consulta dos resultados. O CDI da instituição de saúde atende, além dos pacientes internos na unidade, as demandas reguladas pelas Secretarias de Saúde dos municípios de todo o estado da Paraíba.

A implantação do serviço foi um trabalho conjunto com o setor de Tecnologia da Informação e o Centro de Diagnóstico por Imagem. O gerente de T.I, Rivaldo Pedrosa, discorreu as etapas para consulta. “No momento da admissão para realização do exame, o paciente recebe um número de protocolo e senha. Após cinco dias da data de realização do procedimento, pode acessar o do Hospital Metropolitano e visualizar, bem como baixar e imprimir as imagens e o laudo”, explicou. “Para melhor orientar o acesso, a nossa Assessoria de Comunicação desenvolveu um ‘Guia Prático’ com as respectivas instruções, o qual é entregue aos usuários no momento do cadastro”, acrescentou.

De acordo com o gerente médico do CDI, Eduardo Costa, a iniciativa proporciona comodidade aos pacientes, principalmente os de cidades interioranas. “O nosso CDI atende pacientes dos mais de 200 municípios do estado para realização de exames, dentre os quais tomografia, ressonância magnética e ecocardiograma. Dispor dessa consulta on-line aos resultados trará mais praticidade e comodidade, uma vez que estes não necessitarão se dirigir até nossa unidade de saúde para ter acesso às imagens e laudo. Além disto, trará também comodidade aos médicos requisitantes dos respectivos exames, podendo acessá-los de qualquer localidade”, declarou.

Neste cenário de pandemia o Centro de Diagnóstico por Imagem do Hospital Metropolitano tornou-se referência na realização de tomografias, exame primordial para análise da saúde dos pacientes acometidos pelo novo coronavírus, como explicou o diretor-geral do complexo hospitalar, Antônio Pedrosa. “O nosso CDI sempre atendeu as demandas externas e, neste período de pandemia, não foi diferente, prestamos serviço 24h para todos os hospitais que nos solicitaram. Reduzimos os exames eletivos, seguindo as orientações das autoridades de saúde nacionais e internacionais, ou seja, quem pôde esperar em casa, foi dito para esperar. Mas estamos retornando os atendimentos eletivos de forma gradativa e segura para todos”, concluiu.

A oferta para realização de exames no CDI do Hospital Metropolitano é regulada via Secretaria Estadual de Saúde. O setor realiza também procedimentos minimamente invasivos, nas áreas de cardiologia intervencionista, que são os cateterismos e as angioplastias, que tratam principalmente da doença coronariana cardíaca e do infarto do miocárdio. Assim também como a área Neurológica da radiologia intervencionista, que trata principalmente os AVCs e isquemias cerebrais. Recentemente, foi adicionada mais uma especialidade, a Eletrofisiologia Cardíaca, para tratamento intervencionista de arritmias.

Comente