Hospital de Clínicas de CG inicia agendamento para consultas e cirurgias

O Hospital de Clínicas começou, na tarde desta terça-feira (26), os agendamentos para consultas ambulatoriais de pacientes que necessitam de cirurgias eletivas. O serviço é destinado apenas a pessoas que residem em Campina Grande. As consultas começam a ser realizadas a partir do dia 1º de novembro, nos turnos manhã e tarde, e as cirurgias vão acontecer por meio do programa Opera Paraíba.

A ampliação dos serviços na unidade faz parte dos investimentos do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde, visando ao bem-estar dos paraibanos. “O Hospital de Clínicas amplia mais uma vez o atendimento a quem precisa de saúde. Para ter acesso é bem simples, o paciente tem três opções: pode ligar, enviar uma mensagem via Whatsapp ou através do email. Após o agendamento, o paciente vai passar pela avaliação do especialista e, caso a indicação seja cirúrgica, vai ser marcada a cirurgia”, explicou o diretor geral do HC, o médico Jhony Bezerra.

Para que seja realizado o atendimento é necessário apresentar o cartão do SUS, comprovante de residência de Campina Grande e documentos pessoais. Pacientes de outros municípios precisam ser encaminhados ao programa Opera Paraíba por meio das secretarias municipais de saúde.

A Central de Agendamentos do Hospital de Clínicas vai funcionar através do número (83) 3322-3677, Whastapp (83) 99103-0245, ou pelo email operaparaibahc@gmail.com.

Desde o início do Opera Paraíba, em 2019, já foram realizados 9.692 procedimentos cirúrgicos no estado. Após a retomada no último mês de agosto, de uma pausa devido à pandemia, 5.125 paraibanos já foram beneficiados com cirurgias eletivas. Só no Hospital de Clínicas, em 15 dias de funcionamento, a unidade registrou 373 procedimentos. Até o fim da semana, estão previstas mais 150 cirurgias gerais e ginecológicas e um mutirão de cirurgias de catarata, com cerca de 250 procedimentos.

“Nossa meta é, a partir de novembro, passar a realizar aproximadamente 30 cirurgias por dia, e alcançar uma média de 900 cirurgias por mês. Com isso, certamente, estaremos contribuindo significativamente para acabar com a fila de espera por cirurgias eletivas na Paraíba”, ressaltou o médico Thyago Morais, diretor-técnico do Hospital de Clínicas.