Hospital da Unimed-JP reforça cuidados com segurança e retoma cirurgias eletivas

Mudança integra uma série de medidas que vêm sendo colocadas em prática nas últimas semanas em decorrência da redução dos atendimentos a síndromes respiratórias

A Unimed João Pessoa está desativando a área de triagem montada em frente ao Hospital Alberto Urquiza Wanderley. A mudança integra uma série de medidas que vêm sendo colocadas em prática nas últimas semanas em decorrência da redução dos atendimentos a síndromes respiratórias. Com isso, o hospital volta o seu foco principalmente para o perfil de atendimento que o tornou referência em alta complexidade na Paraíba.

A realização de cirurgias eletivas já foi retomada. A maternidade e a Unidade de Oncologia e Medicamentos Especiais também voltaram a funcionar. “Agora, a Unimed João Pessoa vai olhar para o futuro”, declarou o presidente do Conselho de Administração (Conad) da Cooperativa, Gualter Lisboa Ramalho.

Todos os cuidados estão sendo adotados para garantir a segurança dos pacientes. Novos fluxos foram definidos para que os casos de síndromes respiratórias sejam recebidos separadamente dos outros tipos de atendimentos oferecidos na unidade.

“O hospital manterá o duplo fluxo de atendimento, com equipes de saúde separadas e espaços físicos distintos, com leitos, UTI e elevadores exclusivos para casos que precisem de isolamento”, afirmou o gestor de Serviços Hospitalares da Unimed JP, Cleiton Moradillo.

EXPECTATIVAS CUMPRIDAS

Durante o tempo em que esteve em funcionamento, a unidade de triagem externa, que era exclusiva para pessoas com síndromes respiratórias, registrou mais de 11 mil atendimentos. Mas, atualmente, menos de 20% dos casos atendidos no Hospital Alberto Urquiza correspondem a esse tipo de síndrome.

Nesta quinta-feira (20), às 10h30, haverá uma solenidade para simbolizar o encerramento das atividades da triagem externa e a volta à rotina dos atendimentos e procedimentos realizados no Hospital Unimed Alberto Urquiza Wanderley. O evento será na entrada do Setor de Urgência e Emergência para médicos e colaboradores.

Comente