Horário eleitoral do 2º turno começa nesta sexta; veja como vai funcionar

Propagandas são de postulantes à presidência da República e do governo de 12 Estados, que não tiveram pleito definido no último domingo (2)

O horário eleitoral gratuito volta às emissoras de rádio e televisão a partir desta sexta-feira, 7. Para a campanha de segundo turno, as inserções dos candidatos se estendem até o dia 28 de setembro – dois dias antes da votação. As propagandas são de postulantes à presidência da República e do governo de 12 Estados, que não tiveram pleito definido no domingo, 2.

Conforme mostrou o Estadão, se em 2018 foi considerado coadjuvante pelas campanhas, na eleição de 2022, o horário eleitoral é visto como decisivo. Apesar da ampliação do alcance das redes sociais, a TV e o rádio ainda são vistos como instrumentos poderosos do processo eleitoral e, por isso, estão no centro das estratégias.

O Tribunal Superior Eleitoral define que, onde houver segundo turno, as emissoras de rádio e televisão reservarão, por cada cargo em disputa, 25 minutos, de segunda-feira a domingo, para serem usados em inserções de 30 e 60 segundos, levando em conta três blocos de audiência: entre 5h e 11h; 11h e 18h ; 18h e 24h.

O tempo será distribuído igualmente entre os candidatos que se enfrentam no pleito. A ordem é definida considerando o resultado do primeiro turno. A candidatura que obteve maior votação inicia a programação, com a alternância a cada programa em bloco ou veiculação de inserção.

Dessa forma, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), com 48,43% dos votos, será o primeiro a se apresentar. Em São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos), 42,32%, aparecerá antes de Fernando Haddad (PT), 35,7%, nas inserções para disputa pelo Palácio dos Bandeirantes.

No primeiro turno, a divisão do tempo se deu pela representatividade das legendas partidárias na Câmara dos Deputados e a ordem era definida por sorteio. Com isso, por exemplo, o ex-presidente Lula teve o maior tempo diário, por ter a maior coligação, com 3 minutos e 39 segundos de fala, dividido em 287 inserções. Em seguida, estava o presidente Jair Bolsonaro (PL), candidato à reeleição, com 2 minutos e 38 segundos, em 207 inserções.

Durante a campanha do segundo turno, a propaganda para presidente será veiculada na televisão das 13h às 13h10 e das 20h30 às 20h40. No rádio, de 7h às 7h10 e de 12h às 12h10.

No caso dos governadores, as inserções ocorrem das 7h10 às 7h20 e das 12h10 às 12h20, na rádio. Na televisão, das 13h10 às 13h20 e das 20h40 às 20h50.

Do Terra