Homens que aparecem agredindo e assaltando em Mamanguape são presos

Em uma ação integrada, policiais civis e militares e guardas municipais da cidade de Itapororoca, prenderam na manhã desta quarta-feira (24) dois homens flagrados por câmeras agredindo rivais e assaltando comércios na região de Mamanguape, no interior da Paraíba.

As prisões ocorreram durante as primeiras horas desta quarta-feira (24) e foram decretadas pela Justiça.

Um terceiro homem que também aparece nas imagens praticando os delitos já se encontrava preso por outros delitos, mas também teve nova ordem de prisão preventiva decretada por conta das ações flagradas pelas câmeras.

Os crimes ocorreram em meio deste ano e vinham sendo investigados pela Polícia Civil. De acordo com o delegado Walter Brandão, os homens são suspeitos de atuar em homicídios na região.

Os presos foram identificados como João Marcos Luiz do Nascimento, de 21 anos; Ryan Vitório Silva de Lima, 18 anos e Giovani Airton da Costa. Este último já se encontrava preso na Penitenciária de Guarabira, por prática de outros assaltos.

“Eles praticavam assaltos na região, mas não admitiam que nenhum adversário praticasse assaltos na mesma localidade e agrediam quem desobedecesse essa proibição “, afirma o delegado.

Câmeras de um dos comércios assaltados mostraram a atuação dos presos. Dos quatro homens que aparecem nas imagens, três já foram presos. O quarto já foi identificado, mas se encontra foragido.

“Além dos mandados de prisão, o preso Ryan também foi autuado em flagrante por tráfico de droga, vez que na sua casa foram apreendidas dezenas de pedras de crack”, acrescentou Brandão.

“Os presos não admitiam que ninguém assaltasse próximo aos pontos de tráfico comandados por eles, sendo torturados e filmados os que descumpriram as regras”, acrescentou o delegado.

Os dois presos que estavam em liberdade serão apresentados à Justiça em audiência de custódia no Fórum de Mamanguape.

Veja:

Comente