Homem portador de deficiência aguarda 6 horas no São Vicente de Paula e não é atendido

Uma internauta publicou nas redes sociais, nessa sexta-feira (13), uma denúncia de descaso contra o Hospital São Vicente de Paula, em João Pessoa após buscar atendimento para um familiar, que é portador de deficiência visual.

De acordo com o denúncia, Maurício Azevêdo chegou ao hospital em busca de atendimento às 13h, mas não havia ficha disponível, já que o hospital disponibiliza 25 fichas pela manhã e outras 25 a tarde.

Ao procurar a enfermeira-chefe de plantão, Maurício conseguiu a ficha de número 51. A sobrinha, Deta Araújo entrou em contato com o hospital para verificar o andamento da consulta, mas às 18h o paciente ainda não havia sido chamado.

A sobrinha dele chegou ao hospital às 19h, onde constatou que o atendimento do senhor Maurício não foi realizado.

Ao reclamar do descaso com um paciente portador de deficiência, ela ouviu de uma das enfermeiras que as fichas extras não seriam liberadas na próxima vez.

Maurício Azevêdo ficou aguardando atendimento das 13h às 19h00. Seis horas aguardando para não ser atendido. De acordo com o paciente, mais três pessoas ficaram sem realizar o procedimento.

“Sai indignada com tanto descaso com a saúde nesse país, onde a população é refém de pessoas sem sentimentos”, diz trecho na publicação.

Confira a publicação:

 

Comente