Homem leal e que morreu de tristeza: Julian Lemos fala sobre a morte do ex-ministro Bebianno

(Foto: Julian Lemos/Arquivo Pessoal)

Amigo pessoal do ex-ministro Gustavo Bebianno, o deputado federal Julian Lemos (PSL) concedeu entrevista ao Paraíba Já, neste sábado (14), para tratar sobre a morte do ex-auxiliar do presidente Jair Bolsonaro. Classificando o carioca de 56 anos como “leal, íntegro e destemido”, o parlamentar paraibano relata, de forma emocionada, os últimos momentos com Bebianno e o sentimento que passa neste momento. Julian e Bebianno foram uns dos principais nomes da pré-campanha do atual chefe do Planalto.

“Quando falo em Bebianno só vem em minha mente lealdade, força, coragem, integridade, e um dos homens mais íntegros que já conheci e esse país já teve. Bebianno foi um cara especial. Ele parecia um búfalo, forte, voraz, mas sempre íntegro. Foi um cara imprescindível para Jair, sem ele em toda parte jurídica Jair não estava na presidência. Particularmente sinto demais, um momento muito triste, tinha relação pessoal com Bebianno”, afirmou Julian.

+ Ex-secretário-geral da presidência, Gustavo Bebianno morre aos 56 anos

Em um momento de fala mais dura, característica do parlamentar, Julian diz que Bebianno morreu de tristeza, ao relembrar o episódio da saída dele da equipe da presidência. “Ele morreu foi de tristeza. Estava muito triste desde que aconteceu tudo aquilo com ele na saída da presidência”, confessou Julian Lemos.

Questionado se ele analisava que Bebianno foi escorraçado, Julian concordou. “Exatamente, a palavra é escorraçar. Um cara que fez o que fez, e sair daquela forma. Perder espaço para um monte de ratos que cercam o presidente. Ele foi vítima dessa gente”, declarou o deputado paraibano.

Julian também narrou os últimos encontros com Bebianno. Contou que sempre que podia auxiliava o ex-ministro. “Semanas atrás [ele] foi em Brasília, mandei buscá-lo no aeroporto para ir em umas reuniões. Mantínhamos contato, conversávamos. Realmente um episódio muito triste”, concluiu.

Após contato com a reportagem do Paraíba Já, o deputado se pronunciou em suas redes sociais. Confira nota:

Perdermos um dos homens mais íntegros, leais, destemidos e honestos que já conheci na vida e que esse país já teve, Dr. e Ex Ministro Gustavo Bebianno, meu amigo meu irmão. É com pensar e muita tristeza que recebi essa terrível notícia. Bebianno foi um dos mais importantes nomes que viabilizaram a mudança desse país, o tempo dirá, a história absolve os bravos e condena os covardes.

Esse homem que foi atacado em sua honra, jogando na lama por covardes que o mataram de tristeza, jamais negociou sua dignidade, mas o Justo Juiz não dorme, e haverá de fazer justiça. Meu amigo e irmão Bebianno era bom demais para viver nesse mundo pobre do poder, era um homem leal ao Brasil. Bebianno amava sua família, seus cachorros, e adorava sua vida simples no sítio.

Quem o conhecia de perto, sabia que ele tinha como sua marca, a generosidade, lealdade, coragem e bondade, como sempre lhe dizia meu amigo, você era melhor do que eu, que tristeza irmão Bebianno sinto hoje, que tristeza meu amigo, que frustração sinto, mas irei ser o que sempre fomos, feitos de coragem. Deus te receba em seus braços irmão.

View this post on Instagram

Perdermos um dos homens mais íntegros, leais, destemidos e honestos que já conheci na vida e que esse país já teve, Dr. e Ex Ministro Gustavo Bebianno, @gustavobebianno, meu amigo meu irmão. É com pesar e muita tristeza que recebi essa terrível notícia. Bebianno foi um dos mais importantes nomes que viabilizaram a mudança desse país, o tempo dirá, a história absolve os bravos e condena os covardes. Esse homem que foi atacado em sua honra, jogando na lama por covardes que o mataram de tristeza, jamais negociou sua dignidade, mas o Justo Juiz não dorme, e haverá de fazer justiça. Meu amigo e irmão Bebianno era bom demais para viver nesse mundo pobre do poder, era um homem leal ao Brasil. Bebianno amava sua família, seus cachorros, e adorava sua vida simples no sítio. Quem o conhecia de perto, sabia que ele tinha como sua marca, a generosidade, lealdade, coragem e bondade, como sempre lhe dizia meu amigo, você era melhor do que eu, que tristeza irmão Bebianno sinto hoje, que tristeza meu amigo, que frustração sinto, mas irei ser o que sempre fomos, feitos de coragem. Deus te receba em seus braços irmão. #Luto

A post shared by Julian Lemos Dep. Federal (@julianlemosdeputadofederalpb) on

Comente