Homem de 23 anos do Rio Grande do Norte é o mais jovem a morrer pelo coronavírus no Brasil

Matheus Aciole é a segunda morte por coronavírus no RN — (Foto: Arquivo da família)

A Secretaria Estadual da Saúde Pública do Rio Grande do Norte (Sesap) e a Secretaria Municipal de Saúde de Natal confirmaram na noite desta terça (31) a segunda morte pelo novo coronavírus (Sars-Cov-2) no estado. Trata-se do gastrólogo Matheus Aciole, de 23 anos.

Ele é o mais jovem a ter morte pela Covid-19 confirmada no país, segundo dados das secretarias estaduais. Até as 6h desta quarta-feira, as secretarias registravam 203 mortes no Brasil e um total de 5.812 casos confirmados.

Matheus morreu no início da noite de terça em Natal, e o resultado positivo do exame para Covid-19 foi dado em seguida. De acordo com a Sesap, ele era obeso, um fator de risco para o coronavírus.

Ainda segundo informações da Secretaria Estadual de Saúde, o paciente deu entrada em um hospital privado, no dia 24 de março. Matheus foi examinado e liberado para voltar para casa para continuidade de medicações prescritas.

Ele ficou isolado por dois dias, mas não apresentou melhora. Matheus então procurou o serviço público de saúde no dia 27 de março quando foi atendido e realizou o teste para a doença.

Primeira morte no RN

A primeira morte por coronavírus no Rio Grande do Norte aconteceu no dia 28 de março. O professor universitário Luiz Di Souza morreu após passar sete dias internado em Mossoró. Ele tinha 61 anos e era diabético. As informações são do G1.

Comente