Governador diz que próximos dias serão difíceis na PB: “melhor remédio é isolamento”

João explicou que está sendo feito um levantamento e, caso seja necessário, diante dos dados, será feito esta ação no futuro

O governador João Azevêdo (Cidadania), em live realizada nas suas redes sociais, nesta segunda-feira (4), alertou a população para pico de contágio pelo coronavírus nas duas próximas semanas. João ainda ressaltou a importância de se manter o isolamento social, para evitar que o vírus continue se espalhando.

+ Paraíba bate recorde mais uma vez e registra 142 casos de Covid-19 em 24h

“O melhor remédio é o isolamento social. Quando houver necessidade efetiva de sair de casa, que seja usando máscara. As duas próximas semanas serão de maior intensidade, de maior contágio na Paraíba. Para que a gente possa manter o serviço de saúde [funcionando efetivamente], tendo com objetivo maior atender da melhor maneira possível [a população], precisamos da cooperação de todos vocês. Não há forma de achatar a curva, que não seja com isolamento”, declarou.

Em relação a possibilidade de lockdown no Estado, o governador explicou que está sendo feito um levantamento e, caso seja necessário, será feito no futuro. João ainda reforçou a necessidade do isolamento social, como uma forma de “salvar vidas”.

+ João sanciona lei para distribuição de cesta básica para 260 mil alunos da rede estadual

“Está sendo feito um levantamento, se tudo levar a isso, teremos que, no futuro, fazer. É uma carta que está posta na mesa. Não há previsão ainda de lockdown neste momento. Com essas medidas que estão sendo tomadas, espero que a população passe a fazer parte desse isolamento. Fazer o isolamento nesse momento é salvar vidas. Os próximos 15 dias devem ser o momento mais difícil dessa pandemia na Paraíba”, explicou.

Comente