- Publicidade -
Política

Gobira diz que é único da oposição e rejeita ser vice de Aldemir: “Deus me livre!”

“Deus me livre!”. Essa foi a expressão usada por Gobira (PSOL), em entrevista ao Paraíba Já, para enfatizar a sua falta de vontade em compor a chapa de José Aldemir (PEN) como vice-prefeito de Cajazeiras,  desejo já externado pelo deputado em algumas ocasiões.

- Continua depois da publicidade -

“Deus me livre! Eu não aceito aliança com nenhum grupo desse não, os que estão do lado de Carlos Antônio estão passando para o lado dele, e daqui a uns dias, não duvido que o próprio Carlos também esteja com ele”, criticou.

Gobira ainda explicou que acredita que o fato de José Aldemir querer que ele seja seu vice é uma manobra para tirar ele do “jogo”

“Ele querer que eu seja vice dele é esquema para me tirar do jogo. José Aldemir nunca me chamou para ser vice dele, ele já me chamou para conversa, mas nunca me falou que era candidato e nem que queria que eu fosse vice dele, já conversou comigo seis vezes e nunca me convidou para nada “, explicou.

Gobira também foi enfático em afirmar que não quer nenhum tipo de aproximação política com José Aldemir. Ainda ressaltou que ele é o único candidato da oposição, pois já está desse lado da bancada há 40 anos, e não considera José Aldemir como oposicionista.

“Eu não quero aproximação. Ele (José Aldemir) que tenha coragem de lançar sua candidatura, porque oposição em Cajazeiras trata-se de Gobira. José Aldemir disse que estava na situação e agora diz que é oposição? Agora eu sozinho vou enfrentar dois candidatos da situação (Drª  Denise e José Aldemir)”, relatou.

E ainda questionou  “Então, quem é a oposição em Cajazeiras? A oposição sou eu que vivo batendo nesse povo. Ai José Aldemir que estava lá quer dizer que é oposição? Não, ele é situação e eu irei enfrentar dois candidatos da situação”

 

Comente

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar