PMCG atrasa distribuição de insulina para diabéticos e MP decide investigar

A Promotoria de Saúde do município de Campina Grande abriu inquérito após a gestão de Romero Rodrigues (PSD) descumprir prazo para regularizar no Sistema Único de Saúde (SUS) a distribuição de insulinas e fitas reagentes para pacientes com diabetes no município.

De acordo com a promotora de Justiça Adriana Amorim de Lacerda, não há mais a possibilidade para prorrogação do Procedimento Preparatório e, portanto, se fez necessária a conversão em Inquérito Civil.

Confira:

Comente