“Genival Lacerda deixa órfão cada paraibano”, diz Mesa Diretoria da CMJP

A Mesa Diretora da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) emitiu, nesta manhã, nota de pesar pelo falecimento do cantor paraibano Genival Lacerda, vítima da Covid-19. O artista veio a óbito nesta quinta-feira (7) em um hospital do Recife.

Confira a nota abaixo:

Nota de pesar

O Brasil perdeu nesta quinta-feira (7) Genival Lacerda, um talento natural que orgulha a Paraíba. Cantor, compositor e um dos remanescentes da mais genuína expressão do forró nordestino. Ele foi ícone, também, da geração que inseriu os versos de duplo sentido na música regional. Era herdeiro musical de Luiz Gonzaga e Jackson do Pandeiro e foi autor de sucessos como “Severina Xique Xique”, “Radinho de Pilha” e “De Quem É Esse Jegue?” Ele faleceu aos 89 anos, vítima da Covid-19.

Genival Lacerda deixa órfão cada paraibano que se acostumou ao bom humor do artista que chegou a ser apelidado de “Senador do Rojão”. Natural de Campina Grande, o cantor foi agraciado pela Câmara Municipal de João Pessoa com o Título de Cidadão Pessoense e a Medalha Cidade de João Pessoa.

À família, aos amigos, aos milhões de fãs, nossa solidariedade nessa hora de dor.