Galdino vê com naturalidade saída de João e não garante seguir governador em novo partido

Adriano Galdino incentiva realização da 2ª Feira Literária de Pocinhos
Deputado Adriano Galdino, presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba - Foto: Divulgação/ALPB

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), Adriano Galdino (PSB), afirmou que não há surpresa nenhuma na saída de João Azevêdo do PSB. De acordo com Galdino, não havia mais clima para João permanecer no partido. Ele preferiu, no entanto, não tomar partido publicamente em favor de João ou de Ricardo, presidente estadual do PSB.

“Nenhuma surpresa. Pelo andar da carruagem, mais dias, menos dias, isso iria acontecer. Infelizmente, porque é ruim para o PSB. Para ser franco e sincero, existe razão nos dois lados. Se você ouvir as razões de Ricardo, existe uma certa razão. Se você ouvir João, existe também razão em sair do PSB porque não existe mais condições de conviver no partido”, avaliou.

Sobre a decisão de deixar o PSB, Adriano Galdino reafirmou que irá escolher uma legenda que lhe garanta a presidência estadual. Em vista desta exigência, ele próprio admitiu que é improvável que esteja no mesmo partido que João futuramente.

” Eu tenho uma premissa de que só irei para um partido na qualidade de presidente. Se esse partido tiver o governador João, melhor ainda. Mas é claro que o governador João deve ser presidente do partido que escolher ou uma pessoa ligada à ele. Aí tudo bem, eu entenderei perfeitamente. Mas se eu for para algum partido, vou na condição de presidente”, ratificou.

Comente