Condenado por morte de Vivianny Crisley é recapturado

Jobson Barbosa, popular Juninho, ao meio

A Polícia Militar prendeu, no início da tarde desta sexta-feira (12), Jobson Barbosa, conhecido por Juninho, um dos condenados por matar Vivianny Crisley.

+ Primeiro réu do caso Vivianny é condenado a 26 anos de prisão em regime fechado

+ Caso Vivianny: Polícia diz que estudante foi morta com golpes de chave de fenda

A prisão aconteceu hoje no bairro Heitel Santiago, em Santa Rita. Ele havia fugido do PB1 durante a fuga em massa que aconteceu no dia 10 de setembro de 2018, quando dezenas de detentos fugiram após a explosão do portão da unidade penitenciária.

Jobson foi levado pela Polícia Militar para a 14ª Delegacia Distrital, no bairro de Tibiri II, também em Santa Rita, para que depois seja encaminhado a um presídio designidado pelas autoridades judiciais.

Entenda

A comerciante Vivianny Crisley foi morta em outubro de 2016 após receber vários golpes de chaves de fenda na cabeça, quando ela estava dentro do carro com os três condenados do homicídio: Alex Aurélio Tomás dos Santos, de 22 anos, Jobson Barbosa da Silva Júnior, que foi recapturado hoje, e Fagner das Chagas Silva.

Comente