Flay aposta em ‘funknejo’ em seu primeiro single em parceria com Jerry Smith

“Desde que saí do Big Brother Brasil não parei, graças a Deus”, diz Flayslane, 25, empolgada, em entrevista ao F5, por telefone. A cantora e ex-participante da 20ª edição do BBB (Globo) está com muitos planos para sua carreira solo e afirma que deve colocá-los em prática ainda neste ano.

Conhecida como Lane no Nordeste, quando fazia parte da dupla sertaneja Lane e Mara, a cantora paraibana agora é popularmente chamada de Flay e diz que não vê a hora de lançar seu primeiro single, “Saudades Né Minha Filha”, que acontece nesta sexta-feira (14) em todas as plataformas digitais.

“Compus com os meus parceiros de Goiânia e não quis perder tempo, já que a música fala exatamente sobre o momento que estamos vivendo [isolamento social]. Para mim é prazeroso estar envolvida em tudo, todos os detalhes do projeto”, explica Flay. “Sempre trabalhei dessa forma, até quando era dupla. Sou muito ligada em tudo”, completa.

Nascida em Nova Floresta, interior da Paraíba, Flay diz que não vai abandonar seu “modão raiz”, mas pretende trazer influências do pop e do funk em suas músicas. “Saudades Né Minha Filha” é um ótimo exemplo disso. A música conta com a participação do funkeiro Jerry Smith, que segundo a cantora, foi o primeiro nome que veio à sua mente ao escrever a canção.

“Imaginei o Jerry, entrei em contato e ele topou. Em três dias a gente já estava junto gravando o videoclipe, respeitando todas as orientações de segurança por causa da pandemia, é claro”, ressalta Flay.

Em entrevista ao F5, Jerry Smith afirma que tudo aconteceu muito rápido. Antes do convite, diz o cantor, nem sabia desse lado cantora da ex-BBB. “Não sabia que ela cantava, depois pesquisei e vi tudo… não deu outra.”

Smith brinca ao contar que era impossível não acompanhar o BBB 20 , apesar de não ser muito atento ao programa. “Nas redes sociais todo mundo só fala disso, acompanhei por lá”, diz ele. “A música mexeu comigo e gravamos na mesma semana, não perdemos tempo.​ A voz dela é muito forte, muito marcante.”

Flay faz questão de ressaltar que sua personalidade estará exposta explicitamente na música. Bastante misteriosa, a cantora também conta que o videoclipe terá participação da sua melhor amiga do BBB, e agora fora da casa, a influenciadora Bianca Andrade, a Boca Rosa. “Todo mundo vai saber o que é, só que ainda não posso falar [risos].”

Flay e Jerry Smith
Flay e Jerry Smith – Divulgação

Com muitos planos para o futuro –incluindo carreira internacional–, Flay diz que não quer se rotular em gêneros e estilos musicais. Sua maior vontade agora é arriscar de tudo um pouco. “Quero que o público consiga ver minha personalidade, minha identidade, em tudo. Pretendo seguir a minha linha no sertanejo, mas com outras influências. É mais a minha cara”, explica.

Diferentemente de outros artistas, a sertaneja afirma que não quer cair no “comodismo” e, por isso, vai manter sua essência: produzir da música até o roteiro dos clipes, como no caso de “Saudades Né Minha Filha”. “Muitos cantores acabam caindo num comodismo, preferem deixar pra equipe. Eu prefiro tomar à frente e resolver tudo.”

Sem revelar datas e nomes, Flay conta que tem lançamentos de música programados até o fim deste ano, e que deve lançar seu primeiro EP em 2021, seu grande sonho. “Os fãs podem esperar muita coisa boa vindo por aí”, diz ela, que completa: “Tenho muita vontade de fazer uma turnê pelo Brasil. Antes eu já fazia meus showzinhos lá no Nordeste, então agora eu tenho muito mais vontade.”

Do Folha de São Paulo.

Comente