Filiado ao PSD, Inaldo Leitão sentencia: partido não tem mais espaço na chapa de Lucélio

O pré-candidato a deputado-federal, Inaldo Leitão (PSD) defenderá em reunião partidária o reposicionamento do partido na eleição desse ano. Ele, que é entusiasta da pré-candidatura de João Azevêdo (PSB), percebe que o partido está cada vez mais perdendo espaço na chapa do irmão gêmeo do prefeito de João Pessoa, Lucélio Cartaxo (PV).

O ex-parlamentar paraibano afirmou que os últimos acontecimentos envolvendo a legenda exigem uma rediscussão das alianças.  Ele citou como exemplos a morte do deputado federal Rômulo Gouveia e a desistência de Raimundo Lira de disputar um mandato no Senado Federal.

“Não há mais espaço para o PSD na chapa de Lucélio Cartaxo, e a partir de agora a legenda deverá iniciar os diálogos com o senador José Maranhão (MDB) e com o candidato governista, João Azevedo”, defendeu Inaldo Leitão.

O ex-parlamentar disse, no entanto, que respeita a hierarquia partidária, mas que o assunto não pode ser esquecido. A data da reunião com Gilberto Kassab, Eva Gouveia e Raimundo Lira deverá ser divulgada em breve pelo partido.

Com informações do Polêmica Paraíba.

Comente