Filho de Cássio defende renúncia de Temer: “não há como continuar”

O deputado federal Pedro Cunha Lima (PSDB) defendeu nesta quinta-feira (18) a renúncia do presidente Michel Temer (PMDB) após denúncias sobre uma gravação em que o Temer negocia dinheiro para calar a boca do ex-presidente da Câmara Federal Eduardo Cunha.

O parlamentar paraibano ressalta que “não há como ter continuidade do governo desta forma. A renúncia é uma alternativa, uma possibilidade. Precisamos também ter conhecimento das gravações para poder dar esse norte no país. É um passo que a gente não pode evitar.”, salientou.

Pedro revelou também que a denúncia e posterior afastamento do senador Aécio Neves fez com que a presidência do PSDB fosse para as mãos do senador Carlos Sampaio.

Comente