Férias de Bolsonaro na virada do ano custaram R$ 900 mil aos cofres públicos

A viagem de férias do presidente Jair Bolsonaro a Santa Catarina, na virada do ano, custou R$ R$ 899,3 mil aos cofres públicos.

A notícia foi publicada pelo jornal “O Globo”, que obteve os dados pela Lei de Acesso à Informação.

Bolsonaro chegou à cidade litorânea de São Francisco do Sul na tarde do dia 27 de dezembro e ficou lá até a madrugada do dia 3 de janeiro, quando foi para São Paulo tratar uma obstrução intestinal, causada pela alimentação nas férias. Ele retornou a Brasília no dia 4 de janeiro.

Durante seus dias no litoral catarinense, o presidente apareceu em público em algumas ocasiões: ele andou de moto-aquática, foi a uma lotérica apostar na Mega-Sena e deu cavalo de pau em um carro no parque Beto Carrero.

O período da viagem do presidente coincidiu com os dias de fortes temporais na Bahia, que causaram destruição e mortes em várias cidades do estado. O presidente foi criticado por não ter interrompido o descanso para sobrevoar as áreas atingidas.

Do G1.