Fenômeno do “Mar Vermelho” em Cabo Branco é decorrência de dissolução de rochas

Amostras da água foram coletadas para análise. Sudema ainda informou que não há indício de lançamento ou contaminante no local

O mar da praia do Cabo Branco, em João Pessoa, apresentou uma coloração avermelhada nessa terça-feira (25). A Superintendência de Administração do Meio Ambiente (Sudema) divulgou nota, afirmando que a coloração avermelhada ocorreu devido dissolução de rochas sedimentares presentes na região.

O órgão ainda informou que não indício de lançamento ou contaminante no local onde apresentou a coloração avermelhada.

Ainda de acordo com o órgão, a princípio, não há indício de lançamento ou contaminante no local onde apresentou a coloração avermelhada. Amostras da água foram coletadas para que seja realizada uma análise do caso e também para descobrir a origem das pedras, já que elas não fazem parte do local.

Confira a nota da Sudema na íntegra:

A Sudema informa que, em análise preliminar feita no final da manhã desta terça (25), foi constatado que a coloração avermelhada identificada na Praia do Cabo Branco advém da dissolução de rochas sedimentares presentes na região. Em princípio, não há qualquer indício de lançamento ou contaminante no referido trecho. Uma equipe da Sudema esteve no local e coletou amostras que serão encaminhadas para uma análise mais aprofundada.

Comente