Exposição ‘João Pessoa em linhas e cores’ acontece a partir desta 5ª feira

Amanhã também terá o lançamento oficial do projeto ‘Sol Maior’, que levará cultura para as praças, equipamentos culturais e ambientes públicos

Cantora Débora Vieira se apresenta nesta sexta-feira no Hotel Globo
Foto: Dayse Euzebio/Divulgação

A Prefeitura de João Pessoa inicia, nesta quinta-feira (29), a programação de retorno às atividades presenciais com o lançamento, pela Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope), da exposição ‘João Pessoa em linhas e cores’, no Hotel Globo. A mostra acontece nos dois salões e ficará aberta de segunda a segunda, das 8h às 17h30, com entrada gratuita. Simultaneamente, a partir das 16h, também ocorre o lançamento oficial do projeto ‘Sol Maior’, ação que vai levar cultura para as praças, equipamentos culturais e ambientes públicos da cidade.

O prefeito Cícero Lucena definiu o momento como um recomeço, onde a cidade se prepara, após um período de grande dificuldade com a pandemia, para voltar ao convívio e o lazer. “Os eventos continuam com os cuidados de distanciamento e segurança sanitária, mas, com a vacinação atingindo um importante contingente da nossa população, vamos dar passos importantes para a reabertura. Nas praças, a população vai poder conviver e se divertir, com fé em Deus”, afirmou.

“Essa exposição sobre a cidade de João Pessoa pintada pelos artistas plásticos marca a reabertura dos nossos equipamentos de cultura. Optamos por esse modelo de exposição porque nesses locais nos dão segurança sanitária e nos permitem fazer pequenas ações culturais sem incorrermos no problema da aglomeração”, declarou o diretor-executivo da Funjope, Marcus Alves.

Ele avaliou que o Hotel Globo é um equipamento fechado e, por isso, haverá o controle de entrada. Será disponibilizado álcool em gel, além de todos os cuidados que envolvem a saúde nesse momento da pandemia da Covid-19. “A nossa opção foi fazermos um evento de artes plásticas, articulando com um pequeno show durante o pôr do sol, com culturas populares. Assim, estamos testando uma forma de voltarmos às atividades culturais, e nada melhor do que retornarmos pelo Hotel Globo, que é muito representativo da nossa história e da nossa identidade cultural”, disse o diretor.

Para William Macêdo, chefe da unidade Hotel Globo, é um momento de cultuar as belezas da cidade através da arte. “A exposição representa a arte, unindo a inspiração e o amor pelas belezas da cidade. São pinturas, desenhos e esculturas criados por artistas com raízes nas mais diferentes tradições e linguagens da arte. Importantes nomes, sobretudo jovens, fazem parte da iniciativa, que enaltece a nossa diversidade cultural, divulgando uma cultura viva, presente no cotidiano dos moradores, mas nem sempre vista”, destacou.

Entre os artistas, há obras de Camila Oliveira, Conceição Myllena, Davi Queiroz, Jonathan Guedes, Mayara Ismael, Sayonara Brasil, Sandra Adélia, Neska Brasil, Logan, Antônio Lima e Kiuslânia Jordão. Em um dos salões, as obras retratam pontos turísticos da cidade, a exemplo do Hotel Globo, Igreja São Francisco e o Farol do Cabo Branco. No outro, estão obras de arte contemporâneas, com percepções mais conceituais e subjetivas sobre o espaço.

‘Sol Maior’

O projeto ‘Sol Maior’ é uma forma encontrada pela Prefeitura, através da Funjope, de levar ações culturais para os diversos espaços da cidade de João Pessoa, desde as praças, passando pelos equipamentos culturais administrados pela Fundação e outros ambientes públicos.

Durante o lançamento oficial, que acontece a partir das 16h, haverá atração musical, o saxofonista Heleno Feitosa ‘Costinha’, que vai tocar com o pianista Helinho Medeiros. Quem visitar a exposição, também vai conferir apresentação cultural ‘Ciranda dos Tupinambás, grupo de coco, mazurca e ciranda, do Alto do Céu, bairro de Mandacaru.