Ex-prefeito de Junco do Seridó é investigado por possíveis irregularidades em contrato com Funasa

Valor do contrato foi de  R$ 1.472.643, 46 milhão, conforme o processo, para realizar o serviço de melhorias no abastecimento de água na Zona Rural e demais localidades

O Ministério Público Federal (MPF), através do procurador da República, André Luiz instaurou um inquérito civil, para apurar possíveis irregularidades em contrato firmado entre a Prefeitura de Junco do Seridó e a Funasa, durante a gestão do ex-prefeito Kleber Fernandes.

O valor do contrato foi de  R$ 1.472.643, 46 milhão, conforme informações contidas no processo, para realizar o serviço de melhorias no abastecimento de água na Zona Rural e demais localidades da cidade. A decisão do MPF foi publicada no Diário Oficial do órgão, na quinta-feira (7).

Veja decisão