- Publicidade -
Política

Ex-prefeita paraibana tem contas de todos os anos da gestão rejeitadas

Desta vez, ela foi condenada a pagar R$ 1,3 aos cofres públicos

Reunido em sessão ordinária na manhã desta quarta-feira (17), o Pleno do Tribunal de Contas do Estado, à unanimidade, reprovou as contas do município de Conde, exercício de 2016, e responsabilizou a ex-prefeita Tatiana Lundgren Correia de Oliveira pela quantia de R$ 1,3 milhão.

- Continua depois da publicidade -

A multa se deu em decorrência de 24 irregularidades apontadas pela Auditoria, com destaque para falta de processos licitatórios, despesas não autorizadas, sem comprovação e falta de recolhimento das contribuições previdenciárias. O relator do processo foi o conselheiro substituto Oscar Mamede Santiago Melo.

Segundo apurou o Paraíba Já, as contas de 2013, 2014, 2015 e 2016 da ex-prefeita de Conde foram rejeitadas, ou seja, todos os anos em que esteve à frente do Executivo do município

 

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected] | WhatsApp: (83) 98176 - 1651

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar