Ex-prefeita de Monte Horebe tem contas rejeitadas pelo TCE e pode ficar inelegível

Relatório técnico com as irregularidades constatadas foi encaminhado para a Câmara Municipal de Monte Horebe, para que seja realizado o julgamento político

O Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB) julgou irregular a prestação de contas apresentada pela ex-prefeita de Monte Horebe, Claudia Aparecida Dias, do exercício de 2013, nesta quinta-feira (7).

O TCE-PB imputou um débito aos cofres públicos para a ex-gestora no valor de R$ 578.809,33, após constatar excessos de pagamentos não comprovados em serviços de infraestrutura, realizados durante sua gestão, que deverão ser quitados em um prazo de 60 dias.

O relatório técnico com as irregularidades constatadas foi encaminhado pelo TCE-PB para a Câmara Municipal de Monte Horebe, para que seja realizado o julgamento político, apenas para que seja decidido acerca da elegibilidade ou inelegibilidade da ex-gestora.

Confira decisão

Comente