Publicidade
Cotidiano

Estudantes da UFPB arrecadam e doam livros para biblioteca de presídio

Quase 400 livros foram doados para a biblioteca do presídio

O Ministério Público da Paraíba (MPPB) e a Universidade Federal da Paraíba (UFPB) fizeram, nessa segunda-feira (8), a doação de 395 livros à biblioteca da Escola Estadual Graciliano Ramos, instalada dentro da Penitenciária Desembargador Sílvio Porto, em João Pessoa.

- Continua depois da publicidade -

Os livros didáticos e de literatura foram arrecadados através de uma campanha realizada na universidade e também em um perfil nas redes sociais, por iniciativa de quatro estudantes que procuraram a Promotoria de Justiça da Tutela Coletiva do Sistema Prisional e Direitos Humanos para conhecer o projeto “O Trabalho Humaniza”, idealizado pelo promotor de Justiça Ricardo José de Medeiros e Silva. “Os projetos de ressocialização são fundamentais para fomentar o surgimento de novas oportunidades aos sentenciados e, por consequência, diminuir a reincidência criminal”, disse.

A partir do trabalho da promotoria, as estudantes Soraya Meira, Juliana Leite, Ana Carolina de Araujo e Cândida Beatriz Carvalho criaram o projeto “A leitura liberta”, que recebeu o apoio do MPPB. Os livros arrecadados foram entregues aos reeducandos da penitenciária, que, atualmente, é a unidade prisional com a maior população carcerária do Estado da Paraíba, segundo o promotor de Justiça.

A ação social foi acompanhada pelos diretores do Sílvio Porto, Idelson Caminha e Juliano Andrade, e pelo assessor da promotoria, Antônio Alves Pontes Trigueiro da Silva, que representou o promotor de Justiça Ricardo José.

A arrecadação e doação de livros deverão beneficiar outras unidades prisionais do Estado. Para doar, o interessado deve entrar em contato através do perfil @leituraliberta, na rede social Instagram.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected] | WhatsApp: (83) 98176 - 1651

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar