Empresário é preso suspeito de matar radialista por discussão política em CG

Um empresário de 42 anos foi preso, no começo da tarde desta sexta-feira (31), suspeito de matar o radialista Joacir Rocha de Oliveira Filho, de 35 anos, dentro de um restaurante do Centro de Campina Grande. O crime aconteceu na quinta-feira (30) e, conforme informações preliminares, o motivo teria sido uma discussão política.

De acordo com imagens do circuito de segurança do estabelecimento, um homem armado atirou na vítima dentro do local e fugiu com apoio de outra pessoa.

Conforme a delegada Suelane Guimarães, não houve latrocínio – roubo seguido de morte – porque nenhum pertence da vítima foi roubado.

O empresário, que é do ramo da construção civil, estava sendo ouvido pela delegada  por volta das 13h. Ele teria confessado o crime. Segundo informações preliminares, o motivo seria uma discussão política.

Comente