Empresária suspeita de assassinar marido tem prisão preventiva expedida, mas cumprirá em domicílio

A empresária Taciana Ribeiro Coutinho, suspeita de praticar o crime de homicídio contra o marido Helton Pessoa, nessa sexta-feira (10), na Fazenda Zumbi, zona rural de Sapé, foi presa e interrogada pela Polícia Civil, no final da tarde deste sábado (11).

Os policiais cumpriram um mandado de prisão preventiva expedido contra ela pela Justiça . No entanto, a medida foi convertida em prisão domiciliar.

Helton foi morto com quatro tiros e seu velório e enterro aconteceram neste sábado, no município de Arara, Brejo paraibano.

O advogado da empresária, Genival Veloso Filho informou mais cedo que Taciana se entregaria às autoridades neste domingo (12).

Comente