Empresa da Espanha vence leilão e comandará aeroportos de João Pessoa e Campina Grande

O consórcio espanhol Aena venceu o leilão que vendeu o bloco do Nordeste, com uma oferta de R$ 1,9 bilhão, ágio de 1.010%, e passará a comandar os aeroportos de João Pessoa e Campina Grande. A empresa, que é do Governo Espanhol, é a maior operadora aeroportuária do mundo – no quesito número de passageiros.

A Aena também passa a gerir os aeroportos de Recife, Juazeiro do Norte (Ceará), Maceió e Aracaju. A empresa terá a concessão por um período de 30 anos, com a possibilidade de renovação por mais 5 anos. Com a vitória no leilão, a empresa diz que a gestão do bloco do Nordeste “é a maior operação de desenvolvimento internacional da história da Aena”.

A estreia da nova administração nas licitações teve 12 aeroportos localizados nas regiões Nordeste, Centro-Oeste e Sudeste, que hoje respondem por 9,5% do mercado doméstico, com quase 20 milhões de passageiros/ano.

Na disputa pelo três blocos dez empresas participaram: as brasileiras CCR, Pátria, Socicam e Construcap; as francesas Vinci e Aéroports de Paris (ADP); a suíça Zurich AG; a espanhola Aena; e as alemãs AviAlliance e Fraport.

Comente