Galdino dá seu adeus a Genival Matias: “Uma irmandade, estou muito abalado”

Para o presidente da Assembleia Legislativa, a política da Paraíba sofre uma "perda enorme" com a morte do parlamentar

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), Adriano Galdino foi ao velório se despedir do deputado estadual Genival Matias, que aconteceu na sede da Casa Legislativa paraibana, nesta segunda-feira (20). Emocionado, o parlamentar destacou a amizade e a boa política feita por Genival.

Galdino destacou que Genival, que era vice-presidente da ALPB, era o deputado mais próximo a ele, e o classificou como irmão.

“Todos sabem que dos 35 deputados, ele era o mais próximo a mim. Era uma irmandade, uma amizade muito grande. Estou muito abalado”, disse Galdino, com a voz embargada.

Para o presidente, a política da Paraíba sofre uma perda enorme com a morte de Genival Matias.

“Era um político diferenciado. Equilibrado, conciliador, conselheiro, um articulador nato e um homem que fazia política nos bastidores como ninguém”, destacou Galdino.

Genival na política

Em 2009, Genival Matias assumiu a presidência do antigo PT do B, hoje Avante. Sigla sem expressão no estado, presente em somente cinco cidades, o líder partidário iniciou um trabalho expressivo, que tem resultados sólidos.

Em 2010, inexperiente à frente de um cargo político Genival Matias foi eleito pela primeira vez para deputado estadual, e já estava no terceiro mandato.

Foi o trabalho conciliador e fazendo uma política de união, que Genival levou o Avante a estar, atualmente, presente em 170 municípios, e que elegeu o maior número de deputados estaduais nas eleições 2018.

Comente