- Publicidade -
Cotidiano

Em nove dias, volume de negócios no Salão do Artesanato já atinge R$ 650 mil

Em apenas nove dias, mais de 33,3 mil peças já foram comercializadas durante a 31ª edição do Salão do Artesanato Paraibano, gerando um volume de negócios em torno de R$ 650 mil. O evento, que tem como tema “Metal que vira arte”, acontece até o dia 2 de fevereiro, das 15h às 22h, em uma grande estrutura na orla do Cabo Branco, em João Pessoa.

- Continua depois da publicidade -

O Salão do Artesanato conta com a participação de cerca de 300 expositores que representam mais de 3.800 artesãos de 46 municípios e tem a co-realização do Sebrae-PB, parcerias do Procon-PB, Jucep, Empreender-PB, Cagepa, Detran, Uniesp e EPC (Empresa Paraibana de Comunicação).

A entrada no evento é gratuita e está sendo facultada a doação de alimentos não perecíveis que serão destinados a entidades da Grande João Pessoa. Nos primeiros nove dias do Salão do Artesanato, mais de 30 mil pessoas, entre paraibanos e turistas, foram visitar o evento e prestigiar o trabalho dos artesãos, além disso, já foram arrecadados mais de 1 tonelada de alimentos.

Durante o programa Fala Governador, desta segunda-feira (20), João Azevêdo comentou que o Salão do Artesanato está obtendo bons resultados e superando as expectativas. “Este Salão no local que está sendo realizado era o sonho dos artesãos. Em nove dias, eles já venderam R$ 650 mil, então não tenho dúvidas nenhuma que foi muito bom atendermos o anseio dos artesãos e realizarmos o evento na orla do Cabo Branco. Essas pessoas estão expondo peças belíssimas. Se você mora ou está visitando a cidade, vá ao Salão conhecer o artesanato paraibano que é um segmento econômico muito importante”, frisou o governador.

Em nove dias, volume de negócios no Salão do Artesanato já atinge R$ 650 mil

Homenageados

O Salão do Artesanato homenageia 12 artesãos, sendo 10 de João Pessoa, um de Bayeux e um de Pilar. São eles: Wilson Figueiredo, Márcio Pontes, Joaquim David da Silva, Lindalva Sampaio, Amadeu Severino, João de Deus Cavalcante, Humberto Heleno da Silva, Maria Miguel, Rafael Pereira, Castor Morgado, Rosicler Fontana e Glaudstone Cunha.

Estrutura

A feira tem 3081 metros quadrados de área coberta. O projeto geral foi do arquiteto Gustavo Vaz e a entrada foi ambientada pela arquiteta Tereza Queiroga. Rosemildo Jacinto foi responsável pela criação de cinco ilhas de descanso temáticas ao longo do percurso da feira. O projeto paisagístico ficou sob a orientação da também arquiteta Beatriz Campelo; já a Praça de Alimentação, denominada Espaço Criativo Mar e Bar, foi projetada por Sarah Cavalcanti.

No local estão instalados sete equipamentos da gastronomia, entre lanchonetes e restaurantes regionais e será promovida, em parceria com a Mendhi Eventos, a programação musical e folclórica.

Comente

Redação Paraíba Já

Fundado em maio de 2010, o Paraíba Já é um portal de notícias sediado em João Pessoa (PB), que tem compromisso com a verdade, fazendo um jornalismo de qualidade e relevância social.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar