- Publicidade -
Cotidiano

Em nota, defesa de Vitalzinho afirma que ministro do TCU não foi alvo de busca e apreensão

Defesa alega que o ministro recebeu apenas um solicitação de depoimento e que as informações foram usadas para confundir e impressionar a opinião pública

Em nota, na manhã desta terça-feira (5), a defesa do ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), Vital do Rêgo Filho, afirmou que o paraibano não foi alvo de busca e apreensão em operação da Polícia Federal. A defesa alega que o ministro recebeu apenas um solicitação de depoimento e que as informações foram usadas para confundir e impressionar a opinião pública.

- Continua depois da publicidade -

Uma operação da Polícia Federal foi deflagrada na manhã desta terça-feira (5), atendendo às determinações do relator da Lava-Jato no Supremo Tribunal Federal, ministro Edson Fachin..

Segundo as informações, os alvos da operação foram o ministro do TCU, Vital do Rêgo Filho, os senadores Renan Calheiros (MDB-AL) e Eduardo Braga (MDB-AM).

Confira a nota

A respeito de notícia que veicula suposta “operação” tendo por “alvo” o Ministro do TCU, a defesa esclarece que foi recebida na manhã de hoje uma solicitação de depoimento, o que não configura nenhuma medida extravagante ou derivada do que alguns setores costumam chamar de “operação”, apenas para confundir e impressionar a opinião pública.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected] | WhatsApp: (83) 98176 - 1651

Redação Paraíba Já

Fundado em maio de 2010, o Paraíba Já é um portal de notícias sediado em João Pessoa (PB), que tem compromisso com a verdade, fazendo um jornalismo de qualidade e relevância social.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar