Publicidade
Política

Em Bayeux: MP acata denúncia contra Berg Lima e Luiz Antônio por improbidade

O Ministério Público da Paraíba (MPPB) ajuizou ação de improbidade administrativa contra o prefeito afastado de Bayeux, Berg Lima, e o ex-prefeito Luiz Antônio, cassado pela Câmara Municipal em abril deste ano.

- Continua depois da publicidade -

Para o MPPB, Berg Lima teria contratado supostos funcionários fantasmas para a prefeitura, assim como violou a Lei de Responsabilidade Fiscal e realizou contratações de prestadores de serviço em excesso.

Já o então prefeito interino Luiz Antônio, segundo o MP, após ser alertado para corrigir as supostas irregularidades, não o fez.

Na denúncia o órgão aponta irregularidades como a ocorrência de déficit na execução orçamentária; descumprimento das normas constitucionais no que diz respeito aos limites mínimos de aplicação; ultrapassagem do limite de gastos com pagamento de pessoal, contrariando os comandos estabelecidos na LRF; ausência de pagamento regular das obrigações patronais junto à Previdência Social e não encaminhamento da Lei de Diretrizes Orçamentárias ao Tribunal de Contas do Estado (TCE-PB).

Informações do Sagres, do TCE, em janeiro do ano passado a Prefeitura Municipal de Bayeux possuía 2.856 servidores. No entanto, em abril de 2018, esse número já era superior a 3.860 funcionários.

A ação foi ajuizada pela promotora Maria Edligia Chaves Leite, da 4ª Vara Mista de Bayeux.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected] | WhatsApp: (83) 98176 - 1651

Redação Paraíba Já

Fundado em maio de 2010, o Paraíba Já é um portal de notícias sediado em João Pessoa (PB), que tem compromisso com a verdade, fazendo um jornalismo de qualidade e relevância social.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar