- Publicidade -
Sem categoria

Em ato falho (ou não), Bolsonaro fala “Estados Unidos acima de tudo”

Bordão do presidente, que se diz nacionalista, usado para enaltecer os EUA gerou avalanche de críticas no Twitter

Na cerimônia em que recebeu o prêmio oferecido pela Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos, em Dallas, no Texas, o presidente Jair Bolsonaro fez um discurso de 11 minutos nesta quinta-feira 16, no qual mudou o bordão de seu governo para “Brasil e Estados unidos acima de tudo”, gerando uma avalanche de críticas nas redes sociais.

- Continua depois da publicidade -

“E termino com o meu chavão de sempre. Meu muito obrigado a todos. Brasil e Estados Unidos acima de tudo, Brasil acima de todos”, declarou, errando a parte final, onde entraria “Deus acima de todos”.

Ele também voltou a bater continência para a bandeira americana, como já havia feito antes de ser eleito presidente.

Sobre o fato de ter sido expulso de Nova York, o que provocou uma organização às pressas do evento no Texas – um jantar oferecido a 100 empresários -, ele declarou:

“Lamento muito o ocorrido nos últimos dias. Eu não posso ir na casa de uma pessoa onde alguém da sua família não me queira bem, mas meu amor por todo os Estados Unidos, inclusive os nova-iorquinos, continuará da mesma forma”.

O presidente também disse que o Brasil de hoje é “amigo dos EUA, respeita os EUA e quer o povo americano, os empresários americanos, ao nosso lado”.

Comente

Redação Paraíba Já

Fundado em maio de 2010, o Paraíba Já é um portal de notícias sediado em João Pessoa (PB), que tem compromisso com a verdade, fazendo um jornalismo de qualidade e relevância social.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar