Em agenda na PB, ministro da Saúde anunciará 23 milhões em investimentos

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta (DEM), desembarca nesta segunda feira na Paraíba. Ele anunciará cerca de R$ 23 milhões em investimentos, com foco na humanização do tratamento do paciente com câncer, e a habilitação de novos procedimentos de média e alta complexidade. Ele visita João Pessoa, Campina Grande e Patos.

Segundo o coordenador da Bancada Federal, o democrata Efraim Filho, “a Paraíba tem a deferência de ser o primeiro estado do Nordeste a ser visitado pelo ministro nesse início de gestão. Esse sinal de prestígio é fruto do trabalho e apoio da bancada e será retribuído com excelentes notícias por parte do Governo Federal.”

HOSPITAL NAPOLEÃO LAUREANO

A visita do ministro se inicia às 9h30 no hospital Napoleão Laureano, onde ocorrerá um dos pontos altos da visita, a liberação da ordem de pagamento de quase 6 milhões de reais para a aquisição de um Pet Scan, equipamento tecnológico de última geração para o combate ao câncer.

Nesta solenidade, o ministro também anuncia a habilitação da alta complexidade do serviço de fissuras labiopalatais no Hospital Universitário Lauro Wanderley.

O ministro anunciará ainda veículos picape para 35 municípios e o estado da Paraíba, para serem utilizados na Vigilância Sanitária.

HOSPITAL METROPOLITANO

A seguir por volta das 10h45, o ministro conhecerá o Hospital Metropolitano, construído em parceria entre o Governo do Estado com apoio de recursos da bancada federal, numa emenda de 20 milhões de reais. A unidade hospitalar é referência no Nordeste no tratamento cardiológico e neurológico. O ministro anunciará a habilitação de diversos leitos de UTI.

CAMPINA GRANDE

Às 12h30, o ministro faz uma visita técnica ISEA, Instituto de Saúde Elpidio Almeida, um dos centros de referência em saúde do agreste paraibano, atendendo a população de todo o interior do Estado da Paraíba.

PATOS

O ministro encerra a visita com uma das maiores demandas por parte da bancada federal, do governo do Estado e da população do interior da Paraíba, a assinatura da portaria de habilitação em Oncologia/UNACOM num investimento de mais de R$ 5 milhões de reais, e que ajudará no tratamento humanizado do paciente com câncer, especialmente do sertão paraibano, evitando grandes deslocamentos que apenas agravavam a já precária saúde dos cidadãos.

Comente