- Publicidade -
Política

Eleitor é preso no Valentina, em João Pessoa, após fazer selfie na urna

Neste domingo (28), um homem acabou sendo preso por ter fotografado seu voto na urna eletrônica na Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Dr. João Navarro Filho, localizada no Valentina, bairro de João Pessoa.

- Continua depois da publicidade -

A infração teria sido registrada por um mesário, que solicitou a presença do juiz na sessão. A Polícia Militar foi acionada para fazer a prisão e levá-lo à sede da Polícia Federal em Cabedelo.

De acordo com a polícia, o mesário flagrou a ação e solicitou a presença do juiz no local. Uma guarnição da Polícia Militar, por sua vez, foi acionada para fazer a condução do suspeito para a sede da Polícia Federal, em Cabedelo.

Gravar vídeo e fazer selfie em local de votação é crime, previsto no Código Eleitoral, por violar ou tentar violar o sigilo do voto. A punição é de até dois anos de prisão, além do pagamento de multa.

A Lei das Eleições proíbe o uso de equipamentos eletrônicos diante da urna eletrônica. No artigo 91-A, a norma estabelece que “fica vedado portar aparelho de telefonia celular, máquinas fotográficas e filmadoras, dentro da cabina de votação”. Com Paraíba.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected] | WhatsApp: (83) 98176 - 1651

Redação Paraíba Já

Fundado em maio de 2010, o Paraíba Já é um portal de notícias sediado em João Pessoa (PB), que tem compromisso com a verdade, fazendo um jornalismo de qualidade e relevância social.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar