Eleições CG: juiz rejeita ação de Inácio Falcão contra Bruno Cunha Lima

Candidato buscava impedir que carros e motos com propagandas ou adesivos do seu adversário e outros candidatos, entrassem na sede da Secretaria Municipal de Saúde

Uma ação movida pela “Campina tem jeito”, encabeçada por Inácio Falcão (PCdoB), contra a coligação “Campina rumo ao futuro”, de Bruno Cunha Lima (PSD), e o secretário de Saúde de Campina Grande, Felipe Reul foi rejeitada pelo juiz Leonardo Sousa de Paiva Oliveira, da 72ª Zona Eleitoral.

Com a ação, Inácio Falcão buscava impedir que carros e motos com propagandas ou adesivos Bruno Cunha Lima e de outros candidatos, entrassem na sede da Secretaria Municipal de Saúde.

Para o juiz, o argumento não é valido, pois “a existência de veículos no estacionamento da SMS de saúde com propagada política não conduz à ilação veiculada na inicial de uso irregular do bem público”, disse o magistrado na decisão.