Eleições 2024: Leo Bezerra comenta ‘receita’ para se manter como vice em JP

Pessebista tratou sobre as movimentações durante entrevista ao programa Meio-Dia Paraíba, na Rede Pop de Rádio, nesta terça-feira (30)

(Foto: Paraíba Já)

O vice-prefeito de João Pessoa Leo Bezerra (PSB) comentou sua receita para se manter na posição de vice do grupo político que irá disputar as Eleições 2024 com o prefeito Cícero Lucena (PP) concorrendo à reeleição. O pessebista tratou sobre as movimentações durante entrevista ao programa Meio-Dia Paraíba, na Rede Pop de Rádio, nesta terça-feira (30).

Leo destacou que internamente no PSB nunca impôs seu nome, mas que trabalha individualmente para se manter na posição de vice. “Nunca falei que tem que ser Leo, estou trabalhando para isso, mostrando que um vice pode ser mais que um coadjuvante, que pode dar sua opinião, assumir o lugar do prefeito quando necessário. Cícero sempre deixou muito claro, quando assumo a Prefeitura e falo algo com ele, ele me diz, no bom sentido: ‘se vire, meu filho, tome de conta, você é o prefeito’. Temos um respeito mútuo, agradeço sempre a grande responsabilidade que venho tendo com nossa Capital”, afirmou Leo.

Questionado sobre o que vem fazendo para se manter na chapa, o vice-prefeito deu sua receita. “A forma que estou fazendo para me manter como vice é trabalhar, mostrar para meu grupo político que podem contar comigo a qualquer hora, e mostrar ao povo que estou à disposição para trabalhar a todo momento. Temos uma grande responsabilidade com essa cidade, e estou trabalhando muito ao lado do governador João e do prefeito Cícero”, disse.

Na oportunidade, Leo Bezerra ainda destacou a união e a experiência administrativa que vem tendo ao atuar ao lado de João e Cícero. “É muito gratificante estar ao lado de João, toda obra no estado tem o nome dele; e com Cícero, que já foi governador, senador, ministro e prefeito, tudo que a vida pública pode lhes dar, eu sento ao lado deles e fico, no bom sentido, sugando as boas coisas, aprendo todos os dias”, encerrou o vice-prefeito da Capital.