Efraim Filho avalia situação de Dilma e Cunha e dispara: “está na hora de virar a página”

Após uma semana que praticamente selou o destino da presidente afastada Dilma Rousseff (PT), que virou ré no processo de impeachment por 59 votos a 21, e da leitura do parecer pela cassação do ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), o deputado federal Efraim Filho (DEM-PB) declarou que o Congresso precisa superar essa fase para pautar projetos nacionais.

Efraim disse que essa agenda negativa tem atrapalhado avanços e se diz preocupado com mais celeridade no desfecho desses processos.

“Está na hora de virar a página nessa pauta que o país enfrenta há mais de um ano. É importante que se cumpras os prazos, o que está na Constituição, e encerrar esse processo”, declara.

O democrata frisou que as investigações em curso no país, como a Operação Lava Jato, continuarão a atuar, sem que isso atrapalhe no andamento dos trabalhos Legislativos. “A Lava Jato continua com todo rigor e isso não será freado”, destacou.

O deputado paraibano ressaltou que a própria crise política se transformou em pautas para Congresso. “As 10 medidas de combate à corrupção, enviadas pelo Ministério Público, estão na pauta do Congresso, o fim do foro privilegiado também é mais uma pauta importante que está pautado, e visa o reduzir a impunidade”, concluiu Efraim Filho.

Comente