Efeito dominó: mais uma liderança política abre dissidência no PRTB e ratifica apoio a João Azevêdo

A decisão da cúpula do PRTB de apoiar a pré-candidatura de Lucélio Cartaxo ao Governo do Estado acabou desagradando a muitos filiados do partido. O primeiro a abrir dissidência foi o secretário da legenda em João Pessoa, Dema Macedo, que anunciou , nesta segunda-feira (18), sua permanência no projeto encabeçado pelo pré-candidato a governador pelo PSB, João Azevêdo.

Leia também:

Liderança do PRTB em JP contraria direção do partido e decide ficar com João Azevêdo

Horas depois do anúncio feito por Dema Macedo, foi à vez de outra liderança política do PRTB pessoense ratificar seu apoio a João Azevêdo. Candidato a vereador da Capital nas eleições de 2012, Professor Américo Falcone foi mais além, e anunciou sua desfiliação do partido comandado na Paraíba pelos irmãos Fábio e Eduardo Carneiro.

Pelo que o Paraíba Já apurou, outras lideranças expressivas do PRTB devem manter apoio à pré-candidatura de João Azevêdo. “Fomos todos pegos de surpresa. Não podemos andar na contramão da história, pois o projeto implantando pelo PSB na Paraíba tem mudado a face do nosso Estado. Entendemos como contraditória e fisiologista a decisão da cúpula do partido, que até um dia desses criticava duramente a gestão do irmão gêmeo de Lucélio (Luciano Cartaxo) aqui em João Pessoa”, observou outro filiado do PRTB que nas próximas horas estará oficializando sua dissidência com a direção do partido.

Saiba mais

O PRTB integrava a base governista até a semana passada. O presidente da legenda na Paraíba, Fábio Carneiro, vinha ocupando o cargo de diretor Administrativo do Detran. Já o irmão de Fábio, Eduardo Carneiro, é vereador em João Pessoa e, até então, era um dos parlamentares mais críticos à gestão do prefeito Luciano Cartaxo (PV), irmão do pré-candidato Lucélio Cartaxo.