Doses da vacina AstraZeneca/Oxford serão distribuídas nesta segunda, na PB

De acordo com o secretário da SES, logística para distribuição aos municípios seguirá o mesmo ritmo como na semana passada, com a entrega da Coronavac/Butantan

A distribuição das doses da vacina AstraZeneca/Oxford contra a Covid-19 para toda Paraíba será feita a partir desta segunda-feira (25), conforme informações do secretário de Saúde do Estado, Geraldo Medeiros. No domingo (24), 36 mil lotes do imunizante chegaram no estado.

De acordo com o secretário, a logística pra distribuição aos municípios seguirá o mesmo ritmo como na semana passada, com a entrega da vacina Coronavac/Butantan.

“Os técnicos estarão na Secretaria de Saúde para separar os lotes e todas as gerências receberão na segunda-feira pela manhã, assim como foi na logística anterior, tornando ágil e permitindo ao cidadão paraibano em todos os 223 municípios a entrega da vacina imediatamente”, explicou.

Ainda segundo Geraldo Medeiros, na próxima semana mais doses da vacina Coronavac deverão ser entregues na Paraíba.

“Provavelmente nós teremos o envio de outros lotes do Butantan brevemente na próxima semana, e os profissionais de saúde continuarão sendo vacinados. Nós temos 126 mil profissionais de saúde no estado e teremos oportunidade nesse lote de contemplar todos os profissionais de saúde a partir dos próximos envios, desde que mesmo com esses 36 mil lotes atuais ainda não contempla todos os profissionais de saúde”, explicou.

O secretário explicou a ordem de prioridades da vacinação. “Os profissionais de saúde são aqueles que estão diretamente vinculados a zona Covid. Eles trabalham nas UTIs Covid, enfermarias, UPAs, no SAMU e em qualquer área que sejam submetidos a uma alta carga viral. Progressivamente com a chegada de outros lotes, os outros profissionais que tem contatos eventuais com doentes com Covid serão também contemplados”, disse.

O próximo grupo a receber a vacina é o de idosos acima de 75 anos, afirmou o secretário.

“Nós temos 126 mil profissionais de saúde, temos 3.300 indígenas, 1.202 idosos institucionalizados. A totalidade é de aproximadamente 150 mil paraibanos destinados a vacina nesses lotes iniciais. Após a conclusão, vamos iniciar a vacinação de outra população: a dos idosos acima de 75 anos”, concluiu.