Desoneração da folha: Efraim Filho comemora saldo de 4.810 novos empregos na PB

O Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) traz boa notícia no número de admissões. Na Paraíba, os dados mais recentes apontam que houve um saldo positivo de 4.810 empregos em setembro deste ano, completando 15.249 admissões contra 10.439 desligamentos.

Com o panorama positivo, ou seja, em alta nas contratações, segue no Congresso Nacional o projeto de lei para prorrogar até 31 de dezembro de 2023 a desoneração da folha de pagamento para 17 setores da economia. No atual modelo, a medida venceria dia 31 de dezembro deste ano.

“Não é hora de aumentar os impostos. O projeto que prorroga a desoneração é fundamental para garantir os empregos de milhares de brasileiros, além de conseguir novas oportunidades e ajudar na retomada econômica do período pós-pandemia”, comenta Efraim Filho, líder do Democratas na Câmara e autor do projeto. No PL original do parlamentar, o prazo venceria no final de 2026.

A proposta de prorrogar a desoneração foi recentemente aprovada na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados. Como tramita em caráter conclusivo, poderá seguir para análise dos senadores, a menos que haja um recurso para a votação pelo plenário, o que ainda não foi definido.

O próximo passo é o Senado Federal e Efraim se diz esperançoso com a aprovação: “É um projeto com muito apelo social e de ganha-ganha para todos os envolvidos. O emprego é o melhor programa social de todos! É ele que coloca dignidade na vida das pessoas. O trabalho é a fonte que alimenta o cidadão”.

Saiba aqui quais são os setores abrangidos pela medida:

Call Center;
Calçados;
Comunicação;
Confecção/Vestuário;
Construção Civil;
Empresas de construção e obras de infraestrutura;
Couro;
Fabricação de veículos e carroçarias;
Máquinas e equipamentos;
Proteína animal;
Têxtil;
Tecnologia da Informação;
Tecnologia de Comunicação;
Projeto de Circuitos Integrados;
Transporte Metroferroviário de Passageiros;
Transporte Rodoviário Coletivo;
Transporte Rodoviário de Cargas.