Desembargador mantém prisão preventiva de presos na Operação Xeque-Mate

O desembargador João Benedito da Silva, do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB), manteve, nesta quarta-feira (16), a prisão preventiva de todos os investigados que foram presos na Operação Xeque-Mate.

João julgou o mérito de uma liminar que foi impetrada pela defesa dos presos junto ao TJPB, pedindo a liberdade dos mesmos. O desembargador optou por manter a decisão que prendeu preventivamente os acusados e pediu pauta para julgar o agravo. O julgamento deve acontecer na próxima quarta-feira.

Sobre a Xeque-Mate

A operação desarticulou uma quadrilha que agia no município de Cabedelo, desviando recursos do erário, prendendo o prefeito, Leto Viana, a primeira-dama, o vice-prefeito, o presidente da Câmara e vários vereadores da cidade.

Desembargador mantém prisão preventiva de presos na Operação Xeque-Mate

Camara Municipal

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected]