Deputado petista diz na ALPB que prioridade do partido é candidatura de Lula

0

O deputado estadual Anísio Maia (PT) avaliou nesta última quarta-feira (16), em sessão da Assembleia Legislativa da Paraíba, os resultados da pesquisa CNT/MDA realizada 40 dias depois da prisão política do presidente Lula, que continua liderando com 32,4%, o dobro do segundo colocado.

“O resultado da pesquisa não deixa dúvidas: o povo não abre mão de Lula! Qual político resistia a anos de intenso massacre midiático e perseguição judicial e, mesmo depois de preso, continua liderando todas as pesquisas? Esta força não é só de um homem. Esta força é a do povo brasileiro, que construiu seu líder. Não há nada que os golpistas possam fazer para mudar isso”, afirmou Anísio Maia.

Anísio Maia disse que o golpe não atacou só o PT, mas, toda a política, criando espaços para ideias antidemocráticas. No entanto, de acordo com petista, engana-se quem acredita que o povo esteja esperando um novo líder para se posicionar quanto às eleições presidenciais de 2018: “Um líder não é construído de um dia para o outro e sem vínculos com povo. É por isso, que a prisão política não afetou em nada o prestígio do presidente Lula.”

O parlamentar explicou o que é fundamental para o PT nas eleições deste ano: “Lula é a nossa grande prioridade. Aliás, é um nome que transcende o próprio o PT. É isto que irá orientar nossas coligações nos estados. Não podemos abandonar nosso líder, preso injustamente, e com seus direitos políticos intactos. Discutir qualquer outra possibilidade é resolver a vida da direita golpista que não tem nome para nos enfrentar. Não podemos esquecer que estamos em um golpe e que está será apenas mais uma eleição.”

De acordo com a pesquisa CNT/MDA, para 25% dos brasileiros, Lula é o único candidato em que votariam. Já para 40,8% acreditam que ele será candidato. Ao mesmo tempo, 90,3% dos brasileiros acreditam que o Judiciário não age de forma igual para todos.

“O dilema é que o golpe precisa de uma eleição para se legitimar, mas, não haverá eleição legítima sem Lula. Com democracia, a direita não consegue vencer a esquerda este ano. O PT não discutirá plano B, o único plano que temos é o plano L. É Lula ou nada e parcela importante do povo concorda conosco”, concluiu Anísio Maia.

Comente

Camara Municipal

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here