Deputado paraibano detona filhos de Bolsonaro e prevê dias difíceis para o presidente

Para o parlamentar, toda repressão que aliados de Bolsonaro vem enfrentando, desde que o presidente assumiu seu mandato, é para "acalentar" seus dois filhos

“Filhos sem escrúpulos”. Foi essa definição dada pelo deputado federal Julian Lemos (PSL-PB), a Carlos e Eduardo Bolsonaro, filhos do presidente da República, Jair Bolsonaro. Ex-aliado e defensor do presidente, o deputado divulgou um vídeo em suas redes sociais, na noite deste sábado (20), lamentando as humilhações e perseguições que, de acordo com ele, apoiadores do governo vem sofrendo.

Para Lemos, o presidente não valorizou a lealdade de quem o cercava e apoiava durante sua campanha e, na legenda da publicação do vídeo, ele descreveu a deslealdade de Bolsonaro como sendo um “tiro nas costas de todos os seus grandes aliados”.

Ele ainda alega que toda repressão e injustiça que aliados de Bolsonaro vem enfrentando, desde que o presidente assumiu seu mandato, é para “acalentar” seus dois filhos.

“Antes desse mandato de presidente da República acabar eu não tenho dúvidas que eu verei a justiça de Deus sobre a vida de muita gente. Pessoas corretas que cercavam o presidente foram jogados de lado. Não foram esquecidos, foram perseguidos e humilhados. Tudo isso para acalentar dois filhos sem escrúpulos. Não é um desabafo, é uma afirmação”, declarou o deputado paraibano.

Em um tom de mistério e desalento, o parlamentar afirmou que muita coisa ainda irá acontecer e assegurou que as narrativas criadas por Carlos e Eduardo, que para ele são dois insanos, não chegam perto da realidade do que realmente acontece nos bastidores.

Julian Lemos garantiu que, apesar de se sentir injustiçado e abandonado pelo presidente, continua sendo apoiador do governo, mesmo ainda sendo perseguido pelos filhos de Bolsonaro.

“Muita coisa ainda vai acontecer e é uma tristeza isso, pois estamos perdendo uma oportunidade muito grande de mudar os rumos do Brasil. Você que tem uma informação muito rasa e superficial, que acredita em narrativas criadas por esses dois insanos, não fazem a menor ideia do que aconteceu”, relatou.

O deputado paraibano ainda mandou um recado direto para o presidente: “Jair, para!’Cata’ aqueles que você poderia contar para qualquer coisa, que não praticavam injustiças, nem algo desonesto. Estou falando aqui, Bolsonaro, para o bem do país e seu também. Você sabe quem te cercava antes de chegar onde chegou e não são esses que estão aí não”.

Em um apelo emocional ao presidente, Lemos relatou suas magoas e relembrou os momentos que eles tiveram juntos, antes de Bolsonaro ser eleito. O parlamentar ainda foi enigmático ao dizer que fez coisas que o presidente sabe e apelou para que Bolsonaro para de praticar injustiças.

“Quem está falando aqui não é o deputado estadual, é o Julian, que dividia comida contigo, que você vinha para casa dele. Aquele cara que fez coisas que você sabe. Para, você estar presidente, não vai ficar no cargo o tempo todo não. Volte para o caminho que era para estar, deixe de praticar injustiça”, concluiu.

Assista o vídeo:

View this post on Instagram

Meu amigo Gustavo Bebianno, Gustavo Bebianno mais vivo do que nunca. Não tenho dúvidas que antes que esse governo acabe, seu nome será justificado, e muita coisa será esclarecida. Jair Bolsonaro tinha o time dos sonhos, atirou nas costas de todos, seus mais leais e maiores soldados. Hoje está cercado por bajuladores, incompetentes e bandidos como seus advogados, com exceção dos militares, digo mais, sem os militares Jair Bolsonaro não dura 120 dias no governo. A influência desastrosas dos filhos do presidente ao seu lado, deram um prejuízo de recusos humanos irreversíveis, todas as pessoas que os filhos atacaram tinham a capacidade de lhe dizer verdades, os de hoje não. Jair Bolsonaro, faça um exame de consciência, amigo, não sei se dará tempo, mas tente. Você sabe quem esteve ao teu lado até o dia que você venceu a eleição, e não são esses que estão aí. Tudo, tudo que está acontecendo, Gustavo Bebianno avisou, previu, mas foi jogado na lama sendo inocente, se a vida devolve o que recebe, tudo isso não irá longe. #GustavoBebianno #AvidadaVoltas #NadaEstaOcultoqueNaoVenhaseRevelar #JulianLemosDeputadoFederaldaParaiba

A post shared by Julian Lemos Dep. Federal (@julianlemosdeputadofederalpb) on

Comente