- Publicidade -
Política

Deputado critica demora de Cartaxo em agir na Barreira, mas diz: “antes tarde do que nunca”

Parlamentar empenhou R$ 6 milhões para um projeto feito por Luciano Agra, orçado em 14 milhões; novo projeto da prefeitura prevê gasto de R$ 70 milhões

Após a visita do prefeito Luciano Cartaxo (PV) nas obras de drenagem da Barreira do Cabo Branco, ocasião em que anunciou novas ações para conter a célere erosão da Falésia, nessa segunda-feira, o deputado estadual Wilson Filho (PTB) expressou alívio. Ele lembrou que, enquanto deputado federal, em parceria com o deputado federal Wilson Santiago (PTB), repassou recursos para a execução de ações no lugar e nove anos se passaram sem que nenhuma ação concreta fosse tomada. Agora, com a nova movimentação da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), o parlamentar tem a esperança de algo seja feito “antes tarde do que nunca”.

- Continua depois da publicidade -

“Foram conquistados pelo nosso mandato e de Wilson Santiago em dezembro de 2010 para início de 2011 mais de seis milhões. Ou seja, faz mais de nove anos que este recurso está disponível. Quantos pedaços da Barreira caíram por culpa desta morosidade? Obviamente, neste tempo, eu realizei audiências públicas, cobranças públicas ao prefeito Luciano Cartaxo e o meu maior desejo, aquilo que eu mais externava era a vontade de ver a obra não apenas começando, mas de vê-la concluída para que nossos filhos e netos possam saber da beleza que João Pessoa tem. Estou triste pela demora, mas antes tarde do que nunca para iniciar esses trabalhos. Tomara que não seja apenas uma jogada eleitoral e realmente o foco de priorizar o turismo na nossa cidade tenha chegado na gestão Cartaxo”, afirmou.

Wilson Filho aproveitou a ocasião para criticar a morosidade da gestão Cartaxo na realização de obras em João Pessoa, afirmando que a lentidão é marca do governo municipal. Ele ainda criticou o fato do prefeito estar habituado a jogar a responsabilidade sobre problemas atuais da cidade para gestões passadas.

“Uma simples calçada da orla, já faz quatro anos e ainda não foi concluída, justamente por conta do problema com a Barreira. Para fazer um girador na Avenida Beira-Rio, foram cinco anos e assim vai. Jogar a responsabilidade para os que passaram depois de quase sete anos de governo não parece razoável. Todo problema já pode ser computado como de responsabilidade do atual gestor. Falar em culpados agora é tratar da própria inoperância”, prosseguiu.

O parlamentar garantiu, ainda, que irá elaborar um requerimento solicitando à PMJP as informações sobre as novas intervenções que serão realizadas no local. O novo projeto de Cartaxo, que substituiu o antigo, do ex-prefeito Luciano Agra, orçado em R$ 14 milhões, custará mais de R$ 70 milhões aos cofres públicos.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected] | WhatsApp: (83) 98176 - 1651

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar