Cruz Vermelha: TCE aponta prejuízo de R$ 20 milhões e destrói fake news sobre R$ 1 bilhão

O Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB) detectou prejuízos em torno de R$ 20 milhões nos gastos e despesas não comprovadas por parte da Cruz Vermelha no Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa. Esse valor é bem distante da cifra divulgada de R$ 1 bilhão, que se refere aos valores gerais dos contratos firmados com a Organização Social.

Os dados do prejuízo causado pela Cruz Vermelha, conforme o TCE, leva em conta as decisões já confirmadas e os relatórios de auditorias realizados pela Corte de Contas.

Os dados levantados pela Auditoria sobre OSs, segundo o conselheiro Nominando, mostra-se que o Tribunal de Contas sempre esteve atento na fiscalização das organizações sociais contratadas pelo Estado para gerir, de forma terceirizada, unidades de saúde no território paraibano.

“O fato é que, o TCE cumpre com sua missão fiscalizadora, aponta as irregularidades, imputa as responsabilidades, faz as recomendações, encaminhando os acórdãos aos órgãos competentes, Governo e demais entes interessados para as providências Às decisões são anexadas todas as análises e documentos comprobatórios levantados pela Auditoria”, frisou o conselheiro.

Comente