Criança agredida com caneta pela mãe recebe alta do Hospital de Trauma de JP

De acordo com a promotora da Infância e Juventude de João Pessoa, Ivete Arruda, não há condições no momento para aproximação com a mãe ou a avó

A criança de quatro anos agredida pela mãe no pescoço com uma caneta recebeu alta do Hospital de Trauma de João Pessoa na terça-feira (19). O menino foi levado para o Centro de Atendimento Socioeducativo Rita Gadelha, no bairro de Jaguaribe, na Capital.

De acordo com a promotora da Infância e Juventude de João Pessoa, Ivete Arruda à TV Cabo Branco, não há condições no momento para aproximação com a mãe ou a avó. “Não voltará à mãe nem para avô. Assistida por uma equipe multidisciplinar”.

A mãe do menino, uma adolescente de 15 anos, está em internação provisória pelo período de 45 dias. Ela está sendo acompanhada por psiquiatras.

“Representamos pela internação definitiva. Em 45 dias deve finalizar todo procedimento. Agora ela está acompanhada por médicos e será observada pela psiquiatria. Todos exames necessários foram feitos”, comunicou a promotora.

A adolescente deverá responder criminalmente pela tentativa de homicídio. Conforme relatos da jovem, ela foi estuprada pelo padrasto e engravidou. Ela também afirmou que as violências eram acobertadas pela mãe.