Covid-19: “Não se abre mais nada em agosto”, diz secretário de saúde de JP

Réveillon que acontece todo ano na orla da Capital também está descartado, conforme afirmação de Adalberto Fulgêncio

“Não abre mais nada este mês”. Foi o que garantiu, nesta segunda-feira (10), o secretário de Saúde de João Pessoa, Adalberto Fulgêncio. De acordo com ele, a flexibilização na Capital está suspensa até o fim do mês de agosto.

Adalberto explicou que agosto é o mês do inverno, período onde a incidência das doenças respiratórias aumentam e os cuidados devem ser redobrados.

“Ainda existem muitas dúvidas a respeito do vírus da Covid-19 e por isso não podemos baixar a guarda, pelo contrário, temos que continuar com as nossas ações de vigilância como também preventivas”, alertou.

O réveillon, que acontece todo ano na orla da Capital também, está descartado, conforme afirmação de Adalberto Fulgêncio.

“É um evento que reúne muita gente”, alertou. Ele disse também que não tem nada certo sobre a volta das aulas presenciais este ano.

Ainda sobre a volta às aulas presenciais, ele explicou que caso isso aconteça,  terá que ter um plano de contingência especifico para este segmento e que tudo vai depender de uma pesquisa que está sendo feita pela Universidade Federal da Paraíba sobre a infecção da doença.  “Depois vão nos reunir com a Secretaria de Estado da Saúde e com o Ministério Público para decidirmos se retornaremos ou  não as aulas presenciais”, finalizou.

Comente